Branca Garcia de Figueiredo Marques

19 de outubro de 1913 - 21 de fevereiro de 2015

Idade: 101 anos
Naturalidade: Tourais, Seia, Guarda
Residência: Barcarena
Celebração: 23-Fev-2015 - 10.00
Funeral: 23-Fev-2015 - 11.30
Cemitério: Barcarena

Encomendar Flores
Branca Garcia de Figueiredo Marques

19 de outubro de 1913 - 21 de fevereiro de 2015

Idade: 101 anos
Naturalidade: Tourais, Seia, Guarda
Residência: Barcarena
Celebração: 23-Fev-2015 - 10.00
Funeral: 23-Fev-2015 - 11.30
Cemitério: Barcarena

Encomendar Flores

Deixe a sua homenagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 Homenagens

  1. Até Sempre


    «Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar…
    Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim aprender a amar o que nos foi dado.
    Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre»

  2. Frida Ondina

    Descanse na paz de deus.

  3. Maria das Dores

    Um privilégio chegar a este marco. Parabéns pela vida que teve. Descanse em paz.

  4. Anonimo

    Uns com tanto e outros com nada tinha uma bisavo de 1912 e um bisavo precisamente tambem de 1913 ele faleceu aos 38 anos sem sequer ver crescer os filhos e ela aos 74 anos ! Nao consigo lamentar a perda .

Deixe a sua homenagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 Homenagens

  1. Até Sempre


    «Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar…
    Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim aprender a amar o que nos foi dado.
    Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre»

  2. Frida Ondina

    Descanse na paz de deus.

  3. Maria das Dores

    Um privilégio chegar a este marco. Parabéns pela vida que teve. Descanse em paz.

  4. Anonimo

    Uns com tanto e outros com nada tinha uma bisavo de 1912 e um bisavo precisamente tambem de 1913 ele faleceu aos 38 anos sem sequer ver crescer os filhos e ela aos 74 anos ! Nao consigo lamentar a perda .

Deixe a sua homenagem

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 Homenagens

  1. Até Sempre


    «Os ventos que às vezes tiram algo que amamos, são os mesmos que trazem algo que aprendemos a amar…
    Por isso não devemos chorar pelo que nos foi tirado e sim aprender a amar o que nos foi dado.
    Pois tudo aquilo que é realmente nosso, nunca se vai para sempre»

  2. Frida Ondina

    Descanse na paz de deus.

  3. Maria das Dores

    Um privilégio chegar a este marco. Parabéns pela vida que teve. Descanse em paz.

  4. Anonimo

    Uns com tanto e outros com nada tinha uma bisavo de 1912 e um bisavo precisamente tambem de 1913 ele faleceu aos 38 anos sem sequer ver crescer os filhos e ela aos 74 anos ! Nao consigo lamentar a perda .